Layout by:

Fresh Designs

Segunda-feira, 30 de Setembro de 2013

Nothing Like Us 4 ~ 7

Este é último capitulo da quarta temporada e no próximo capitulo, o primeiro da quinta temporada, vou dar uma pista sobre a próxima fic do blog. E porque é que eu vou dar uma pista se a fic é nova? Depois vão perceber, porque ela não é tão "nova" como vocês pensam... Espero que gostem!

--------------------------------------------

                - O que é que isto significou para ti? – Perguntou Lucas.

                - Não sei...

                - Tu... gostas de mim?

                Daniela virou-se e olhou-o nos olhos abanando a cabeça afirmativamente.

--------------------------------------------

                Naquele dia, Daniela tinha acordado muito bem disposta. Vestiu-se rapidamente e desceu as escadas para a cozinha a correr. Sentou-se num dos bancos, em frente aos seus pais.

- Bom dia. – Disse Daniela, pegando num pão.

- Bom dia querida. – Respondeu o seu pai com um sorriso.

- Porque é que estás a sorrir assim?

- Porque nós temos uma coisa para te contar. – Disse a sua mãe, também com um sorriso.

- O que é?

- Nós estivemos a falar e decidimos uma coisa. – Começou a sua mãe.

- E depois? – Perguntou Daniela com a boca cheia.

- Nós decidimos que depois de acabares este ano, vamos por-te numa escola de artes performativas, no curso de dança.

Daniela arregalou os olhos e saltou da cadeira, abraçando os seus pais.

- Obrigada obrigada obrigada!! Eu adoro-vos!

----------------------------------------

                Lucas estava encostado à porta da frente do pavilhão central da escola. Ao longe, sentadas num banco, estava um grupo de raparigas a sussurrar e a apontar para Lucas. De vez em quando, ele conseguia ouvir o que diziam.

                - Ele é tão giro. – Dizia uma loura.

                - Mesmo. Será que tem namorada? – Perguntava uma outra ruiva.

                Naquele instante, Lucas olhou em frente e pelo portão da escola entrava uma bela rapariga com cabelo encaracolado. Lucas foi ao seu encontro e a meio do caminho beijaram-se, sorrindo. Conseguia-se ouvir os lamentos das raparigas que falavam dele há pouco. Quando o beijo acabou, deram as mãos e entraram na escola, indo para o pátio onde os amigos de Daniela estavam. Mal eles os avistaram, as amigas de Daniela puseram um olhar de “eu sabia”. Quando chegaram ao pé deles, Daniela apresentou Lucas formalmente.

                - Pessoal, lembram-se do Lucas? Nós agora, namoramos.

                Todos sorriram e agora Daniela estava mais feliz do que nunca.

---------------------------------

                Diana estava sentada na cama, olhando para as caixas empacotadas ao pé da sua janela. Faltavam poucos dias para deixar Portugal e voltar para o Canadá. Ainda não tinha contado a ninguém e a primeira pessoa a quem ela queria contar era a Nuno. Ia-lhe custar imenso partir-lhe o coração daquela maneira, mas não havia outra solução. Diana pegou no seu telemóvel e mandou uma mensagem a Nuno dizendo para vir ter com ela a sua casa. Poucos minutos depois, Diana levantou-se e sentou-se num banco de jardim que tinha no alpendre. Algum tempo depois, Nuno chegou e quando viu Diana sentada, com um ar sério, ficou preocupado. Chegou ao pé dela e deu-lhe um beijo.

                - O que se passa Diana? Porque é que estás tão séria?

                - Senta-te Nuno.

                Nuno sentou-se ao lado de Diana e olhou para ela com um ar preocupado.

                - O que é que se passa? Conta-me Diana!

                - Nuno... eu...

                Uma lágrima formou-se no canto do olho de Diana e esta limpou-a com as costas da mão.

                - Nuno... o meu pai recebeu uma proposta de trabalho no Canadá... – Começou Diana, olhando para as suas mãos pousadas no seu colo.

                - E depois?

                - Ele vai aceitar...

                - Mas tu e a tua mãe vão ficar cá sozinhas?

                Diana olhou para Nuno com lágrimas quase a cair e Nuno percebeu o que aquilo queria dizer. Ele não conseguiu conter as suas lágrimas e começou a chorar. Num impulso abraçou Diana e deu-lhe vários beijos na cabeça enquanto Diana murmurava:

                - Desculpa, desculpa, desculpa... Eu não tenho escolha... Desculpa...


Maятa às 19:39

Link do post | Comentar

3 comentários:
De twilight_pr a 30 de Setembro de 2013 às 21:53
OH god eu tenho tanta pena!!!! Tatinho do Nuno e da Diana *-*


De anna williams a 30 de Setembro de 2013 às 22:24
Oh, fiquei com tanta pena do Nuno e da Diana :(
Hum, estou curiosa quanto a essa "nova" fic, posta rápido, siiim ?
Beijinhos*


De Liza a 13 de Outubro de 2013 às 21:18
aie??? ahaha, q coincidencia!!! :D


Comentar post