Layout by:

Fresh Designs

Quarta-feira, 21 de Agosto de 2013

Nothing Like Us 4 ~ 5

Antes de mais, como podem ver, o blog tem um novo design. Graças à Liza. Obrigada :) Digam-me o que acham. Espero que gostem deste capitulo.

-------------------------------------------------------

                - Eu não gosto dele. Só como amigo. E agora desculpem mas eu tenho de ir falar com ele.

                - Está bem... até já. – Disse Paula.

                Daniela acenou com a mão e foi-se embora, procurando Lucas pela escola inteira. Caminhou pela escola inteira, passou pelo mesmo sitio mais de três vezes mas mesmo assim não o encontrou. Ainda chegou a pensar que se tinha ido embora porque não tinha aulas ou então não se sentia bem. Ao pé da porta de entrada para o pátio, Daniela suspirou e deu a sua busca por encerrada. As suas amigas estavam sentadas num banco juntamente com Hélder e Nuno e Daniela foi ter com elas.

                - Então, falaste com ele? – Perguntou Diana.

                - Não. Não o encontro em lado nenhum.

                - Porque é que não lhe ligas e perguntas onde está? – Perguntou Érica.

                - Não tenho o número dele.

                - De quem é que estão a falar? – Perguntou Hélder.

                - Do Lucas, aquele rapaz com quem ela falou no outro intervalo.

                - Ah, esse. Não o vi. – Concluiu Hélder.

                - Eu acho que o vi a entrar na casa de banho quando eu ia a sair. – Disse Nuno.

                - A sério? Não te importas de ir ver se ele está lá? – Perguntou Daniela, sorrindo.

                Mas não teve tempo para mais nada, pois deu o toque de entrada e Daniela achou melhor falar com Lucas no dia seguinte. A última aula do dia, pois não tinha aulas à tarde, correu melhor que as outras, pois Daniela esforçou-se para não pensar tanto em Lucas. Quando deu o toque de saida, Daniela despediu-se dos amigos e foi almoçar a casa. Mal entrou pela porta da frente, viu os seus pais na sala, sentados no sofá.

                - Ainda estão aqui? Pensei que já tivessem saido.

                - Nós só vamos depois de falar contigo. – Disse o seu pai, levantando-se.

                - Mas eu não quero falar com vocês. É da maneira que não chegam atrasados ao trabalho.

                - Querida, ouve-nos, por favor. Nós só queremos o melhor para ti – começou a sua mãe, mas logo foi interrompida por Daniela.

                - Eu já sei, só querem o melhor para mim e querem que eu tenha um bom emprego e blá blá blá. Já sei isso tudo. E eu já vos expliquei o que eu acho, por isso não precisamos de ter esta conversa outra vez.

                - Daniela, ouve-nos. – Disse o seu pai. – O que nós te queremos dizer é que te vamos dar uma oportunidade. A tua mãe e eu estivemos a falar e decidimos que vamos fazer-te feliz. Quando é que é a tua próxima aula de dança?

                - Hoje.

                - Então nós vamos contigo. – Concluiu o seu pai.

-------------------------------------------------

                Daniela saiu do balneário um pouco a medo, nervosa por os seus pais irem assistir a uma aula. A sua professora de dança tinha deixado os seus pais assistir e até ajudou Daniela, elogiando-a, se bem que não convenceu os pais. Ambos se sentaram num banco, de costas para uma das paredes de espelhos e poucos minutos depois, já todos estavam prontos para começar a aula. Começaram com exercícios básicos e mesmo nesses Daniela teve de se concentrar pois os nervos não ajudavam. Quando as coisas se complicaram, os nervos levaram a melhor. Daniela caiu, uma, duas, três vezes. A professora decidiu dar um pequeno intervalo de cinco minutos e aproveitou para falar um pouco com Daniela.

                - O que se passa querida?

                - Estou muito nervosa por ter os meus pais aqui. O meu futuro depende disto.

                - Acalma-te e concentra-te. Finge que os teus pais não estão aqui.

                - Não consigo.

                A sua professora suspirou e saiu da beira de Daniela, dirigindo-se aos pais dela. Depois de algumas palavras, os pais levantaram-se e sairam da sala. Assim, a professora proseguiu com a aula e agora que Daniela estava mais calma, já conseguia dançar tão bem como o costume. Sem quedas, sem nervosismo, apenas ela e a dança. Enquanto isso, os seus pais espreitavam pelo pequeno vidro da porta, como a professora lhes tinha dito. Assim, eles podiam ver a sua filha sem esta saber que estava a ser observada e perto do final da aula, os seus pais entreolharam-se e sorriram, orgulhosos da filha que tinham.

-----------------------------------

                Daniela chegou cedo à escola. Naquele dia não se tinha cruzado com os pais de manhã, pois estes tinham saido cedo para o trabalho. Naquele momento ainda não havia muita gente na escola e Daniela foi para o pátio, apesar de estar frio aquela hora da manhã. Mal entrou pela grande porta viu Lucas sentado num banco, ao longe, a ler. O seu primeiro instinto foi ir ter com ele. Quanto mais se aproximava Daniela podia ver as marcas na sua cara. Tinha uma ferida no lábio e o seu olho esquerdo estava pisado.

                - Lucas, o que é que te aconteceu?

                Lucas parou o que estava a fazer e olhou para Daniela, ali, à sua frente, com um olhar preocupado.

                - Olá Daniela...


Maятa às 16:21

Link do post | Comentar

2 comentários:
De twilight_pr a 21 de Agosto de 2013 às 16:46
Antes de mais devo dizer que gosto imenso deste novo design.
Agora partiremos para a parte em que eu começo já a proteger o Lucas por que lhe bateu, deixas não deixas?
Espero que sim.
Estou mais que contente por saber que os pais lhe deram uma oportunidade, e devo confessar que gosto imenso da professora de dança dela, acho-a super simpática.
Quero saber como vai ser a conversa deles os dois porque estou mais que curiosa para saber o que aconteceu ao Lucas.
Um beijinhos enorme!


De anna williams a 21 de Agosto de 2013 às 22:06
Adoro o novo design *-* tão simples, mas tão bonito!
gostei da professora de dança, parece-me simpática!
omg, estou super curiosa acerca da conversa deles!
aguardo ansiosamente pelo próximo capítulo c:
beijinhos*


Comentar post