Layout by:

Fresh Designs

Segunda-feira, 15 de Julho de 2013

Nothing Like Us 4 ~ 2

                - Eu? Impor-me? Eu não tenho coragem... E esta foi a primeira vez que eles me bateram.

                - Mas já te tinham chateado antes?

                - Já. Gozam comigo todos os dias. Mas hoje foi pior e eles bateram-me.

                - E porque é que gozam contigo?

                - Porque eu sou esquisito e feio.

                Daniela ficou com pena do rapaz. Ela não o conhecia e verdade seja dita, ele realmente não era muito bonito.

                - Não nos chegámos a apresentar! Eu sou a Daniela. – Disse ela, sorrindo.

                O rapaz ficou um pouco envergonhado e não conseguiu conter um sorriso depois de ver aquele sorriso encantador de Daniela.

                - Sou o Lucas.

                Os dois sorriam um para o outro quando se aperceberam que a discussão tinha parado e as pessoas começaram a dispersar-se. Poucos segundos depois chegam os amigos de Daniela, com caras chateadas.

                - Então, o que é que se passou? – Perguntou Daniela.

                - Discutimos. Foi só. Apesar de me apetecer partir-lhes os dentes todos. – Respondeu Paula.

                - Tem calma! Violência não é a melhor opção. – Disse Diana.

                - Eu sei que não mas eles merecem!

                - Paula, tem calma. Não aconteceu nada e ainda bem. Não querias ir parar ao gabinete do diretor, ou querias? – Perguntou Camila.

                - Não... E o que é que se passou contigo, Daniela? Desapareceste.

                - Quando vi que os rapazes estavam distraídos, pensei logo em tirá-lo dali. – Respondeu Daniela, apontando para Lucas.

                Todos olharam para o rapaz sentado ao lado de Daniela e sorriram para ele. Tinha o lábio inferior inchado e vermelho.

                - Olá. – Disse Lucas, um pouco a medo.

                - Olá! Estás bem? – Perguntou Érica.

                - Estou, obrigado. Eu devia ir embora, não vos quero incomodar. – Disse Lucas, levantando-se.

                - Não incomodas nada! Sempre que quiseres podes vir ter comigo. – Disse Daniela.

                - Sim, sempre que quiseres podes vir falar connosco. – Completou Nuno.

                - Obrigado. Mas eu tenho mesmo de ir. Adeus.

                E com isto Lucas foi-se embora, dirigindo-se para a sala onde ia ter a próxima aula.

                - Falaste com ele? Parece ser simpático. – Constatou Diana.

                - Sim, falei. E é simpático. Tenho tanta pena daquilo que lhe aconteceu. Parece que aqueles rapazes já gazavam com ele há algum tempo mas hoje decidiram bater-lhe. – Respondeu Daniela.

                - Coitadinho... Eu também já passei por aquilo. É horrivel. – Disse Diana.

                - Imagino. Tive tanta pena. – Disse Camila.

                Deu o toque de entrada e todos se apressaram a ir para a sala onde iam ter aula.

----------------------------------------------

                Daniela chegou a casa depois das aulas e viu que os seus pais estavam na cozinha. Foi lá e sentou-se num dos bancos altos encostados à ilha no meio da cozinha.

                - Boa tarde querida. Queres alguma coisa? Eu e o teu pai estamos a fazer uma sobremesa.

                - Porquê? Hoje é algum dia especial? E não, não quero nada.

                - Hoje fazemos 21 anos de casados. – Respondeu o pai de Daniela.

                Daniela sorriu e de repente veio-lhe à mente a conversa que ela tinha tido com a sua professora de dança.

                - Pai, mãe, eu queria falar convosco.

                - Diz querida. – Disse a mãe de Daniela.

                - Ontem, a minha professora de dança falou comigo porque ela acha que eu su demasiado talentosa para estar ali...

                - E? – Perguntou o pai de Daniela.

                - E ela também acha que eu devia ir para uma escola de dança.

                - Para quê? Tu não vais seguir dança. – Disse a sua mãe.

                - Ai é que está o problema. Eu quero seguir dança.

                Os seus pais ficaram muito sérios, como era costume sempre que se falava nisto.

                - Tu não vais seguir dança. – Declarou o seu pai.


Maятa às 14:01

Link do post | Comentar

4 comentários:
De twilight_pr a 15 de Julho de 2013 às 16:59
Oh vá lá pais da Daniela! Ela é óptima! E acreditem que quando a vissem a dançar não queriam ver mais nada!
Mas mesmo assim muitos parabéns pelos os anos de casados, mas deixem-na ir! *beicinho*
Adorei imenso e o Lucas tadinho e tenho a certeza que ele não é nada feio! Eu ajudo-o no que for preciso!
Beijinhos


De francis marie a 15 de Julho de 2013 às 17:50
Ohhhh eles não deixam fogo! :c
AMEIIIIII *OOO*


De anna williams a 15 de Julho de 2013 às 18:00
O pai da Daniela está a ser muito parvo, só pensa nele! :c
Eu cá dizia-lhe das boas, mas pronto, isso sou eu, uma revoltada de primeira xD estou curiosa para ver o que a Daniela lhe vai dizer!
beijinhos*


De Dressing Up a 16 de Julho de 2013 às 21:24
Olá querida, eu sou a Ana e criei recentemente um blog: http://www.dressingup.blogs.sapo.pt
Se puderes passar por lá agradecia (: E claro, se gostares vai visitando!
Obrigada e beijinhos*


Comentar post