Layout by:

Fresh Designs

Sexta-feira, 21 de Junho de 2013

Nothing Like Us 3 ~ 6

                - Desculpa... Mas, estás?

                - Não sei... Porque é que dizes isso?

                - Por causa desse suspiro e do sorriso parvo que tinhas enquanto falavas com ele. Eu vi.

                Diana ficou pensativa. Será que se estaria a apaixonar? Ela não queria acreditar. Namorados era o que ela menos queria agora. Ela só queria estudar e ter amigos. Mais nada.

---------------------------------

                Quando o último toque soou, Diana sorriu. Estava também nervosa, porque tinha medo do que podia acontecer. Até Camila falar no assunto, Diana estava tranquila mas agora estava com imenso medo de se apaixonar. Saiu da sala calmamente e mal chegou ao grande portão na entrada da escola viu Nuno do lado de fora, à sua espera. Diana não conseguiu evitar sorrir e foi ter com ele.

                - Estava à tua espera. Como vi os da tua turma a sair pensei que se calhar podia esperar um bocado e esperar por ti.

                - Foste muito querido, obrigada.

                Os dois começaram a caminhar em direção à casa de Nuno e quando chegaram, Gabriel não estava em casa. Os dois subiram para o quarto de Nuno e Diana sentou-se na cama enquanto Nuno pegava na sua guitarra. Antes de se sentar em frente a Diana, Nuno pegou na folha em cima da sua mesinha de cabeceira. Quando se sentou, pôs a folha em frente a si e a guitarra no seu colo. Sorriu para Diana e começou a tocar guitarra, começando a cantar de seguida, olhando para a folha em frente a si de vez em quando. A sua canção falava de uma rapariga insegura, que sofre todos os dias e que no final percebe que é feliz. Quando o último acorde da guitarra soou, olharam um para o outro e Nuno pousou a guitarra ao seu lado, aproximando-se mais de Diana.

                - Esta canção é sobre ti, Diana.

                - Eu notei.

                - Gostaste?

                - Adorei. – Respondeu Diana com um grande sorriso.

                - Ainda bem. Eu acho que tu mereces ser feliz depois de tudo aquilo por que passaste. E quero que saibas que eu te acho fantástica e linda.

                Diana corou com aquelas palavras e Nuno chegava-se cada vez mais perto de Diana até que estavam a poucos milimetros de distância. O coração de Diana batia cada vez mais rápido e no preciso momento em que Nuno estava prestes a beijá-la, alguém bate à porta do quarto e de repente entra Gabriel.

                - Olá. Só queria dizer que já cheguei.

                - Está bem. – Respondeu Nuno, com um ar um pouco zangado.

                Gabriel saiu e fechou a porta de seguida.

                - Bem, eu devia ir embora. – Disse Diana enquanto se levantava, nervosa.

                - Já vais?

                - Sim, os meus pais estão à minha espera.

                Diana pegou na sua mala e saiu do quarto muito apressada. Desceu as escadas e mal chegou à porta, abriu-a. Nuno vinha atrás dela e agarrou no seu braço antes que ela saisse porta fora.

                - Vemo-nos amanhã?

                - Sim, claro. – Respondeu Diana, com um sorriso nervoso.

                Nuno largou o braço de Diana e esta saiu.

---------------------------------------

                No dia seguinte, Diana fez de tudo para fazer algo que não gostava, que era chegar mais tarde à escola. Ela queria evitar Nuno o mais que podia. Apesar de saber que não o podia evitar para sempre, visto andarem na mesma escola, ela apenas precisava de algum tempo para pensar. Mal chegou à escola, deu o toque de entrada e Diana respirou de alivio. Dirigiu-se à sala, olhando para todos os lados na esperança de não se encontrar com Nuno. Entrou na sala e sentou-se no seu lugar habitual atraindo os olhares das suas amigas que se viraram para ela com um ar preocupado.

                - O que se passa contigo? Tu nunca chegas tarde. – Disse Daniela.

                - Eu depois explico.

                Diana tirou os seus livros e cadernos e mal os pousou em cima da mesa, fechou os olhos pensando no estado em que a sua vida estava agora e suspirou abrindo os olhos. A aula passou a correr e no intervalo, as cinco amigas foram sentar-se na cafetaria.

                - Então, o que foi? – Perguntou Érica.

                - Ontem, o Nuno tentou beijar-me. Mas o irmão dele apareceu e não o chegamos a fazer. E eu não sei o que hei de fazer por isso ando a evitá-lo.

                - Aconteceu muita coisa...  Mas tu não gostas dele? – Constatou Daniela.

                - Não sei...

                - Mas não o podes evitar para sempre. – Disse Camila.

                - Eu sei. Eu só preciso de tempo para pensar naquilo que vou fazer.

                - Então pensa rápido. – Disse Paula, olhando para a porta.


Maятa às 19:17

Link do post | Comentar

3 comentários:
De twilight_pr a 21 de Junho de 2013 às 19:44
OMG gostei imenso!
E já sei quem é que vem ai e que estava já na porta! É o Nuno não é?! Espero bem que sim xDDD
Beijinhos e espero realmente que eles se beijem a sério! Vai ser um momento fantástico!


De francis marie a 21 de Junho de 2013 às 20:25
Diana, eu tenho uma coisa para te dizer....................................... PARA DE SER BURRA MULHER, TU JÁ VISTE AQUELE PEDAÇO, OMG SE FOSSE EU ATÉ VINHA MAIS CEDO PARA A ESCOLA SÓ PARA ESTAR COM AQUELE ANJO SFCNDSKVFNSDKÇNDSKÇFNCSDKÇNBSDKÇBNVSDKÇNVÇSDFJK por favor, par de ser burra --'


De anna williams a 22 de Junho de 2013 às 20:18
Huuuum, acho que se vão beijar! Tem de seeeeeeeeeeer :c
quero mais, estou a gostar imenso, posta rápido :D
beijinhoos*

ps: obrigada querida!!


Comentar post