Layout by:

Fresh Designs

Quarta-feira, 24 de Abril de 2013

Nothing Like Us 2 ~ 5

                - Érica, quem era aquele rapaz? – Perguntou a sua mãe enquanto cortava o pão.

                - É só um amigo... porquê?

                A mãe de Érica pousou a faca, limpou as mãos a um pano que estava no suporte para tal e virou-se para a filha com um ar sério.

                - Querida, eu não quero que tu te magoes. Nem acabes grávida.

                - Mãe! Nós só estivemos a falar!

                - A noite toda?

                - Não! Eu adormeci e ele ficou comigo. Não fizémos nada...

                - Eu sei que tu és responsável e que não farias nada sem proteção. Mas eu mal o conheço. Não quero que andes para aí com qualquer um!

                - Nós não fizémos nada! E somos só amigos! E os amigos não se abandonam uns aos outros. Eu pedi-lhe que ficasse e ele ficou. Nada de especial.

                - Querida, lembras-te do que aconteceu com o teu ex-namorado?

                Érica ficou ainda mais séria e conteve uma lágrima que teimava em cair.

                - Tu entregaste-te a ele e depois olha o que aconteceu... Só te peço que tenhas cuidado com este rapaz.

                - Vou ter mãe.

                A sua mãe aproximou-se e acariciou-lhe a face, sorrindo. Depois, voltou para a bancada, cortando o pão.

                - E já agora, não sabia que amigos se beijavam como vocês se beijaram... E também não sabia que iam jantar fora.

                - Jantar fora? O que é que...

                Érica não conseguiu acabar a frase pois o seu telemóvel tocou. Era Luis.

                - Estou?

                - Olá Érica. Eu queria perguntar-te uma coisa.

                - O que é?

                - Tens planos para amanhã à noite?

                - Não...

                - Então, queres ir jantar fora?

                Érica olhou para a mãe e esta virou a cara, lançando um sorriso de ‘Eu sabia’ para a sua filha.

                - Está bem. Vens-me buscar?

                - Sim. Estou aí às 19h30. Até amanhã.

                - Até amanhã.

                Érica desligou a chamada e olhou para a mãe, de novo de costas para si.

                - Como é que tu consegues? Quando eu for mãe quero ser como tu...

                A mãe de Érica riu-se e esta saiu da cozinha, indo para o quarto buscar as suas coisas.

-----------------------------------

                Já eram quase 19h30 e Luis ainda não tinha chegado. Assim que o relógio grande da sala deu as badaladas que indicavam a hora, a campainha tocou. Érica apressou-se a descer as escadas e antes de abrir a porta, olhou para o espelho pendurado na parede do hall de entrada. Ajeitou o cabelo, perfeitamente enrolado aos cachos e ajeitou o vestido preto, puxando-o mais para baixo. Abriu finalmente a porta e viu Luis com um grande sorriso, o que a fez sorrir também. Luis aproximou-se dela e entre ambos estavam meros centimetros.

                - Olá Érica. – Disse ele, antes de a beijar.

                Érica não o impediu. Esta já era a terceira vez que o fazia e agora Luis tinha a certeza de que Érica sentia alguma coisa por ele, tanto como Luis sentia por ela. Ela sorriu-lhe e pegou no seu casaco e na mala que estava no bengaleiro. Sairam e Luis pôs um braço em volta da cintura de Érica, levando-a para o seu carro. Entraram e Luis arrancou em direção ao restaurante onde tinha feito a reserva. No carro não falaram muito, até que apanharam trânsito na auto-estrada e aí, o aborrecimento falou mais alto.

                - Onde é que vamos? – Perguntou Érica.

                - Ao restaurante ao pé do parque de campismo.

                - O quê? Mas lá não tem nenhum restaurante...

                - Então parece que vamos ter de ir jantar à tenda de alguém...

                Ambos riram-se. Érica adorava rapazes engraçados e o Luis era simplesmente o mais engraçado que ela alguma vez conhecera. Os carros começaram a dispersar-se e em poucos minutos já não havia trânsito. Quando Luis virou na saída que dava para a cidade ao pé da sua, Érica tomou sentido de onde estava.

                - Luis, porque é que estamos aqui?

                - Eu disse-te que iamos jantar a um restaurante ao pé do parque de campismo, mas não disse qual era o parque.


Maятa às 17:54

Link do post | Comentar

6 comentários:
De francis marie a 24 de Abril de 2013 às 18:22
Vai sequestra-la queres ver xD
Gostei muitoooo *oo*


De twilight_pr a 24 de Abril de 2013 às 22:58
OMG, agora é que me deixas-te mesmooo curiosa :ooo omg omg!!!!
Quero um novo capítulo please!
Beijinnhos


De anna williams a 25 de Abril de 2013 às 14:59
Estou bastante curiosa com o que irá acontecer! Posta rápidoooooo :b
beijinhos


De francis marie a 28 de Abril de 2013 às 15:19
publiquei o capitulo 19 (:


De apenasdesejo a 3 de Maio de 2013 às 15:47
ola!
a tua amiga ja lhe disse aquilo que achava errado á namorada para que ela pudesse corrigir-se?


De Dreams of a princess a 3 de Maio de 2013 às 16:07
Adoro *-*
segui espero que sigas de volta ^^
Beijinhos


Comentar post